Fazer missões é a mais linda expressão de bondade e compaixão para com o próximo. Somente a Igreja de Cristo Jesus tem o privilégio de levar o pecador até os pés do nosso Senhor e Salvador. Apenas Jesus pode levar esperança e salvar os perdidos.

    Infelizmente, vivemos em um tempo quando muitos crentes, insensíveis, rejeitam a ordem dada pelo nosso Senhor de pregar o Evangelho em todo o mundo, deixando de participar do maior projeto de Deus, que é levar salvação a todos. 

      Muitas vezes o Promotor de Missões planeja uma campanha durante meses, sonha com sua igreja sendo despertada para participar daquilo Deus está fazendo nos campos, ora para que Deus use os missionários durante os cultos, mobiliza irmãos para fazer feiras e cantinas, mas, à medida que o tempo de campanha se aproxima, ele percebe que tudo aquilo que planejou corre grande risco de não acontecer.  Sua igreja está voltada para outras prioridades, ou surgem novas demandas que, no entendimento do pastor ou de parte da liderança, são mais importantes do que a Campanha Missionária. Há também casos em que ocorre sucessão pastoral, e a visão do novo pastor não contribui para o envolvimento da igreja com a obra missionária.

   Lembro-me de alguns promotores que testemunharam alguns cenários parecidos com esses, em que houve resistência de parte da igreja local e até mesmo da liderança. Alguns chegam a chorar sem entender o porquê, tendo em vista se tratar de um direcionamento do próprio Deus. Muitas vezes, o primeiro pensamento que vem à cabeça do promotor é mudar de igreja, porém, essa é a pior das escolhas. Ao fugir do problema você pode deixar de ser instrumento de Deus para mudar aquele cenário.  Superar as resistências exige paciência e perseverança. A parábola contada por Jesus no Evangelho de Lucas 18 mostra uma viúva que não desanimou em pedir justiça até conseguir. Lembre-se que aquele juiz da história era ímpio e não temia a ninguém. Seu pastor e a liderança de sua igreja temem a Deus, talvez estejam apenas focados em outras coisas, e você, Promotor, pode ser a pessoa que Deus levantou em sua igreja para levar a visão Missionária. 

Supere as resistências sendo submisso a Deus, reconhecendo que Ele pode mudar o cenário, pois a Obra e dele!      

Humberto PrimoMissionário Mobilizador no Rio de Janeiro

Compartilhe nas redes sociais:
Superando as resistências

Uma ideia sobre “Superando as resistências

  • 24/09/2021 em 17:23
    Permalink

    Eu também sinto esse obstáculos mas estou firme nesse propósito

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *