“Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e orem uns pelos outros para serem curados. A oração de um justo é poderosa e eficaz.” (Tiago 5.16)

Este texto nos dá uma ordem explícita sobre orarmos uns pelos outros. O contexto se refere à cura, mas em várias outras partes da Bíblia somos ensinados a interceder.

No Antigo Testamento aprendemos com o exemplo de Samuel “E longe de mim esteja pecar contra o Senhor, deixando de orar por vocês.” (1 Samuel 12.23.).

Paulo comumente pede, em suas cartas, orações por ele e por seu ministério; também somos instruídos na carta a Timóteo a interceder em favor de todos as pessoas e Jesus, nosso Senhor e Mestre, intercedeu ao Pai por aqueles que eram seus e pelos que ainda haveriam de crer.

Vemos assim a importância de orarmos pelos promotores dos quais cuidamos. Como dissemos anteriormente devemos ouvi-los e após ouvi-los, a oração virá como consequência do nosso amor por eles. Quando amamos alguém, oramos por ele, e quando oramos por alguma pessoa, mais a amamos.

Ao orarmos pelos promotores devemos apresentar a Deus cada uma de suas necessidades, devemos batalhar suas batalhas, chorar com eles e por eles, para que depois possamos nos alegrar juntos.

Pra que oremos verdadeiramente por cada promotor, devemos separar um momento específico pra este fim. Devemos conhecer as necessidades de cada um e apresentá-las ao Senhor, pedindo ao Pai que s Sua vontade prevaleça na vida deles e que a sua glória se manifeste através de seus ministérios. Devemos pedir a Deus pela saúde física e emocional de cada um, por suas famílias e por proteção física e espiritual contra todo o mal.

Se o nosso coração estiver disposto a orar, Deus nos direcionará quanto ao que pedir, portanto, tomemos cada um de nós, a decisão de batalharmos em oração uns pelos outros, nos lembrando desta palavra: “a oração de um justo é poderosa e eficaz”.

Karene Monte

Compartilhe nas redes sociais:
Orando pelos promotores!
Classificado como:                

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *