Notícias



Minha razão de viver: Multiplicar nos presídios

O projeto Casa Alma Livre leva o Evangelho às presidiárias do estado de Minas Gerais e possue muitas histórias de transformação. No ano de 2007, a Naiara Ramos estava presa no 16º distrito de polícia civil de Belo Horizonte, ela participava das reuniões para estudo bíblico proporcionada pela Capelania Prisional. “O texto de Habacuque 3:17-19 falou ao meu coração e foi um divisor de águas em minha vida. Marcou um novo tempo de compromisso com Deus”, contou Naiara.

A equipe de Capelania Prisional continuou assistindo e acompanhando a jovem que, neste período, foi transferida para a penitenciária onde cumpriu a sua pena. Hoje a Naiara é membro da IB Itatiaia em Belo Horizonte (MG), professora, casada e mãe de 3 filhos. Atua no Ministério Infantil de sua igreja e é parceira do Programa de Adoção Missionária (PAM) pois crê que a sua oferta alcançará outras presas que precisam ouvir do Evangelho que liberta, que traz nova vida e longos futuros.

 

“Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Todavia eu me alegrarei no Senhor; exultarei no Deus da minha salvação. O Senhor Deus é a minha força, e fará os meus pés como os das cervas, e me fará andar sobre as minhas alturas.
Habacuque 3:17-19

 

Estes mesmos versículos são usados pela Naiara para pregar sobre o amor e fidelidade de Deus para as alunas do projeto Casa Alma Livre. Neste ano ela ministrou a Palavra de Deus para elas, deu seu testemunho e contou dos feitos do Senhor também em sua família e declarou que a multiplicação de discípulos, agora, é a sua verdadeira razão de viver.

A Naiara Ramos foi alcança por causa do seu compromisso em investir na obra missionária, mas muitas outras presidiárias precisam do amor transformador de Deus. Seja um parceiro da obra missionária até que haja uma igreja em cada presídio.

 

 

Se envolva: https://missoesnacionais.org.br/envolva-se-doe/