Notícias



Camaronesa tem vida transformada pelo Evangelho em SP

Enquanto algumas refugiadas desabam diante das circunstâncias difíceis, outras transformam esses desafios em fonte de inspiração e aprendizado, capazes de mudar a vida de outras que passam por dificuldades. Assim tem sido a vida da Suzane, que veio de Camarões a procura de melhores condições de vida. Conhecemo-la em condições bem difíceis, morando numa invasão no Centro de São Paulo sem nenhuma condição de higiene. Nem eletricidade o barraco possuía.

Foi nesse contexto que Suzana conheceu o projeto missionário que temos há oito anos neste local. Ela não conhecia Jesus até então, mas nesse encontro teve a oportunidade de ouvir o Evangelho, conhecer a Verdade que liberta e se transformar em outra pessoa.

Ao ganhar uma Bíblia em francês de presente, ela perseverou em oração pela sua vida. Compartilhamos com ela a palavra de Jesus onde disse aos discípulos: “Se alguém quer vir após mim, renuncie a si mesmo, tome sua cruz e siga-me.” (Mt 16,24). Explicando a ela que aqueles cristãos que creem que a dor faz parte da vida humana, saberão enfrentar os sofrimentos e ao mesmo tempo sentirão paz, terão forças para seguirem em frente e serem felizes.

Assim tem sido o nosso relacionamento com a Suzana, compartilhando momentos valiosos no dia a dia. Assim temos mostrado a ela como aos outros que a caminhada da vida deve ser baseada em comunhão, e sempre estarmos dispostos a ajudarmos uns aos outros.

Recentemente Suzana ganhou uma máquina de costura de uma igreja parceira de nosso projeto e agora faz suas próprias peças de roupas para vender e ter uma fonte de renda. Graças a esse apoio dos parceiros, hoje Suzana mora numa casa alugada e tem sido fiel a Palavra e no testemunho como boa serva do Senhor.

Lucélia Ribeiro, missionária da Junta de Missões Nacionais, que ao lado do seu esposo, Hideraldo Moacyr, servem os refugiados africanos na cidade de São Paulo.

Seja um parceiro e contribua na expansão deste trabalho: https://missoesnacionais.org.br/envolva-se-doe/