Notícias



Jovem casal entrega sua melhor oferta para missões

Débora Martins, de 22 anos, e Guilherme Saito, de 28, começaram a namorar em 2019 e desde novembro, quatro meses após oficializarem o namoro, começaram a juntar dinheiro para o tão sonhado casamento. Mesmo tão jovens e com pouco tempo juntos, eles sentiam desde o início que Deus tinha um propósito com isso.

Em um dos cultos de sua igreja, a Igreja Batista Parque Safira (MG), eles ouviram falar que a igreja tinha alcançado apenas 10% do alvo estabelecido. Guilherme sentiu-se muito mal, imaginando que a meta não seria alcançada. “Se cada membro da igreja ofertasse para a Campanha, alcançaríamos o alvo com cada um doando menos de 30 reais”, foi o que ele pensou minutos antes de tomar sua decisão.

Em silêncio, Guilherme decidiu doar todas as economias do casamento. “Não comentei com a Débora, não queria parecer maluco, afinal tinha sido muito suado juntar cada moeda para casarmos, então fiquei quieto e continuei orando”, disse ele.

Dias se passaram e então, no último domingo (4), ao final do culto, Débora também sentiu algo diferente. Deus também falou com ela para que eles doassem tudo o que tinham. “Ela me olhou com lágrimas nos olhos fazendo a proposta e eu aceitei prontamente”, contou Guilherme que confirmou que o seu relacionamento tinha Jesus como primeiro plano.

A oferta dos dois, que era não somente o melhor, mas tudo o que eles tinham naquele momento, totalizou 30% do alvo da sua igreja local, mas muito mais que isso torna-se um exemplo de dedicação a obra missionária. “Nos sentimos constrangidos porque por muitas vezes missões não tem a mesma visibilidade que outros ministérios da igreja, mas Deus tem nos incomodado diariamente para darmos tudo o que temos porque esta obra é dele”, conclui Débora.

O casamento continua nos planos, previsto para 2022, e Missões Nacionais louva a Deus e crê que esta união continuará abençoando vidas, como já tem feito.