Muitas pessoas não têm tranquilidade e oportunidade para construir a vida em seus países de origem. Alguns são refugiados políticos, outros vivem em condições subumanas e estão tentando sair de uma situação de calamidade, de pobreza, de falta de emprego, por exemplo, e assim procuram uma vida melhor em outro país.

Johnatan é acolhido na PIB no Andaraí [RJ], onde se batizou
Sabendo dessa realidade, o projeto Minha Pátria acolhe refugiados e oferece a eles auxílio para que possam aprender o novo idioma, conseguir um emprego e uma moradia. É nesse processo que os estrangeiros conhecem o Senhor e passam a contar com as orações e o sustento de uma igreja local.

Família de refugiados venezuelanos é acolhida no Rio de Janeiro

Foi numa dessas oportunidades que Johnatan mudou de vida. Ao chegar ao Brasil, ele ainda não era convertido. Esse jovem saiu da Venezuela e viveu tempos difíceis até chegar ao Rio de Janeiro. Em São Paulo, ele conheceu o projeto missionário e logo em seguida veio para o Rio de Janeiro. Johnatan foi acolhido pela PIB no Andaraí, onde aprendeu sobre Jesus e se batizou.

Quando saiu da Venezuela, Johnatan não tinha um bom relacionamento com a família, mas, ao caminhar ao lado de Jesus, ele entendeu a importância de uma família. Assim, ele trabalhou arduamente para trazer sua esposa e suas duas filhas para começarem uma nova via no Brasil. Para a glória de Deus, ele teve seu casamento restaurado e tem se tornado também um pai melhor para suas duas filhas.

Deus tem abençoado essa família. Ao ver de perto o bom testemunho da transformação de vida de Johnatan, sua esposa também se batizou na PIB no Andaraí (RJ), em 2021. O casal e as duas filhas frequentam a igreja, a cada dia aprendem mais a língua portuguesa e estão desfrutando da vida verdadeira que há em Cristo Jesus.

Louvamos a Deus porque mais uma família foi alcançada pelo Evangelho e agora pode viver uma nova história.

Texto: Wagner Junior – Redação de Missões Nacionais