Muitas vezes os promotores de missões tem o desafio de sensibilizar a igreja, de que a oferta para a campanha é muito importante para a continuidade da obra nos campos, e que o Senhor jamais vai permitir que falte para missões locais. Se tratando de um Deus missionário, ele é o maior interessado nesse assunto, sendo também o provedor.

Como missionária e também como matemática ( graduada em Teologia e Matemática), entendo o valor do planejamento estratégico. O que muitas vezes esquecemos como gestores, é do mover de Deus, que é imensurável. Os campos não precisam de dinheiro, mas sim, de oferta consagrada ao Senhor. Na plantação de igreja também cooperamos para as campanhas de missões e com grande alegria! A igreja vibra a cada campanha, porque isso está no DNA da igreja missionária. Cada vez que tivemos que fazer melhorias em nosso espaço por motivo de necessidades, nunca abrimos mão das ofertas de missões. Tivemos diversas experiências de sermos provados financeiramente, de precisar decidir se enviaríamos a oferta ou faríamos algum investimento de algo que estava sendo extremamente necessário naquele momento. Após enviar a oferta, Deus operava com sua graça e recebíamos de doação o que tínhamos planos de comprar, com uma marca ou qualidade superior ao que havíamos pensado.

Em 2016 tivemos o privilégio de receber a caravana da Primeira Igreja Batista Cidade Morumbi em São José dos Campos (São José dos Campos, São Paulo), Pr. Joelson Emygdio de Sousa.  Conheci os irmãos através da promoção de Missões, onde ministrei na igreja local e desafiei os  a virem ao campo. E a igreja veio!

A PIB Cidade Morumbi é apaixonada por missões e realiza com muito comprometimento as campanhas, entendendo que a agência Missões Nacionais é serva das igrejas, gerindo os recursos para que possamos permanecer nos campos.

A caravana experimentou da bondade e do amor de Deus nesse campo, hospedando-se na casa dos irmãos, alimentando-se com eles e visitando os RDs em visitas previamente agendadas. Essa experiência foi proporcionada dentro da visão de Igreja Multiplicadora, onde as famílias locais realizaram também os PGMs. Essa viagem missionária foi profundamente importante, porque marcou a igreja local, que estava aprendendo a servir, ser hospitaleira… e a PIB Cidade Morumbi, que teve a possibilidade de ver como era realizado o cuidado e evangelização nesse campo.

Quatro anos se passaram e fiz contato com o Pr. Joelson, para lembrar daquele precioso encontro. Fiz a ele algumas perguntas e gostaria de compartilhar duas delas com nossos promotores de missões:

Investir em missões através das nossas agências missionárias atrapalha missões locais em sua igreja?

Não. A igreja coopera de forma organizada e tem ciência que deve cooperar com os que estão no campo, independente da campanha. Em cada campanha focamos no que está sendo proposto e vivemos com muita alegria esse momento.

Como foi a vida espiritual da igreja após o retorno do campo missionário?

Todos que participaram da caravana foram profundamente impactados. Desde a chegada até a despedida. A igreja investe hoje ainda mais em missões; já enviamos vocacionados e temos um profundo amor aos campos. Foi muito especial ver de perto como os recursos estão abençoando o campo e conhecer o testemunho de pessoas que foram transformadas.  Vidas foram alcançadas com nossa presença no campo e isso foi muito marcante a todos nós. No final da viagem, fomos surpreendidos com o “lava pés” realizado como forma de gratidão pela missão que nos acolheu e fomos constrangidos com a bondade de Deus diante de algo que nos surpreendeu e marcou tanto.

Finalizo… compartilhando com você, querido promotor!

Traga sua igreja ao campo missionário! A experiência de ver de perto a realidade dos campos é o melhor argumento para acender o fogo de missões em nossos corações.  Obrigada por segurar as cordas! Contamos sempre com vocês, sendo nosso porta-voz em sua igreja!

“Eu vou descer à mina, mas vocês tem que segurar as cordas”. Willian DeDCarey

Por: Cristiane Niemeyer – Missionária da JMN na Plantação de Igreja no RS.

Compartilhe nas redes sociais:
Investir em missões através das nossas agências missionárias atrapalha missões locais em minha igreja?

6 ideias sobre “Investir em missões através das nossas agências missionárias atrapalha missões locais em minha igreja?

  • 23/10/2020 em 12:43
    Permalink

    Muito lindo,eu ainda levarei a minha igreja no campo missionário.

    Resposta
  • 23/10/2020 em 18:43
    Permalink

    Que texto tocante. Deus abençoe sua vida querida missionária.

    Resposta
  • 23/10/2020 em 20:15
    Permalink

    Que bênção Cris! Amei ler e vou compartilhar

    Resposta
  • 24/10/2020 em 11:20
    Permalink

    Deus é fiel. A Ele Toda honra e Glória. Sinto-me honrada em orar e colaborar com nossos missionários. Que Deus continue abençoando e inspirando nossos obreiros.

    Resposta

Deixe uma resposta para Maria Barros Morais da Silva Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *