Na igreja ideal não precisaríamos de mobilização, pois seria automático o envolvimento do povo de Deus no projeto mais relevante da humanidade que é a salvação do homem perdido. Porém, na igreja real as coisas não são assim. Vivemos um tempo onde muitas igrejas estão voltadas para si mesmas, nos seus próprios “reinos”. Muitos estão celebrando a salvação como se todos já estivessem salvos, desejando ardentemente a volta de Jesus, sem lembrar, em momento algum, dos milhares que não conhecem a redenção por Cristo. Há pouco tempo foi feito um levantamento e, se somarmos tudo o que foi ofertado para Missões Nacionais, Mundiais ou Estaduais e dividirmos pelo número de batistas no Brasil, veremos que a média ficou em menos de cinquenta reais por ano. É isso mesmo, menos de cinquenta reais por ano ou quatro reais por mês. Os batistas brasileiros ainda investem mais em refrigerante do que em missões e três vezes mais em entretenimentos.

Em 2019, menos de 25% das igrejas batistas participaram da campanha missionária de Missões Nacionais. Isso significa que quase 10.000 igrejas batistas não contribuíram. Menos de 10% das nossas igrejas batistas contribuíram mensalmente com o PAM Igreja, e 58% não contribuíram em nada com o avanço da obra missionária no Brasil através de Missões Nacionais. São mais de 7.000 igrejas que precisam ser despertadas! São tristes os dados, mas respondem a nossa pergunta!

Quem são a JMN e JMM? Somos nós! Como Batistas, a nossa marca é a cooperação. Como chegar sozinhos em tantos desafios missionários? Como alcançar tantas comunidades isoladas e tão distantes? Como chegar até tantos dependentes químicos, surdos, índios, etc.? Se com todo respaldo de Missões Nacionais e Mundiais, já não é fácil, imagine uma igreja sozinha? Juntos, realmente somos mais fortes!

“Um homem sozinho pode ser vencido, mas dois conseguem defender-se. Um cordão de três dobras não se rompe com facilidade.” Eclesiastes 4:12

Nossas Juntas Missionárias não possuem missionários e projetos, mas sim, as Igrejas Batistas! Se um irmão é membro de uma Igreja Batista da CBB, automaticamente faz parte das JMN e JMM. Nós que enviamos e sustentamos missionários e projetos. Como mobilizadores, precisamos pedir a Deus sabedoria para conduzir nossos promotores e igrejas a compreenderem isso!

Muitos ainda precisam ser engajados no principal projeto de Deus: Missões! O Espírito Santo de Deus, é missionário e está buscando e salvando o homem perdido. Essa é a missão da Igreja de Cristo. Muitos não participam por falta de informação e vários estão abertos para a obra missionária, mas não foram desafiados. Por isso, Deus nos chamou para sensibilizar o coração do Seu povo! Mobilizamos porque não podemos deixar de falar do que temos visto e ouvido (At 4.20) e falamos do que o nosso coração está cheio (Mt 12.43).

O sucesso da mobilização missionária não está na capacidade de oratória, mas no que flui do coração. Só é capaz de mobilizar aquele que ama profundamente a obra missionária e compreende que está trabalhando no projeto mais relevante do mundo. Quando mobilizamos, nos unimos todos em uma causa comum e juntos trabalhamos para alcançar o mesmo objetivo. O MMV precisa ser o primeiro a acreditar que é possível ver vidas transformadas pela graça de Deus! Uma das razões pelas quais Martin Luther King foi capaz de mobilizar tantas pessoas voluntariamente para o confronto contra um racismo enraizado é a clareza com a qual ele definia como o mundo poderia ser. Nós precisamos crer e mostrar com clareza como o mundo pode ser transformado pelo evangelho. Isso levará multidões a acreditar, amar e investir na obra missionária!

A obra missionária é como uma engrenagem e a mobilização voluntária é parte fundamental para que ela funcione e o campo seja alcançado com o Evangelho. Por isso Deus tem chamado e vocacionado muitos para esta obra em todo Brasil! Quanto mais orarmos, mais Deus levantará pessoas!

Querido MMV, você faz parte integrante desta engrenagem, para chegarmos a todas as igrejas batistas do Brasil.

Qual dente desta engrenagem é o mais importante? Qual dentre eles tem mais capacidade ou destaque?

Nenhum, pois se apenas um deles não funcionar, a engrenagem para! Nós somos todos interdependentes e precisamos de Deus (oração) e uns dos outros para que o campo missionário seja alcançado.

Somos todos servos, trabalhando na mesma obra, missionários voluntários ou contratados, todos chamados para fazer discípulos onde estamos e mobilizar vidas e recursos para que a engrenagem funcione e vidas sejam salvas.

A obra missionária é urgente! Não podemos perder tempo com detalhes, questiúnculas, preocupações com resultados pessoais, necessidade de reconhecimentos e preocupações com críticas ou elogios! Jamais nossa motivação deve ser mostrar nas redes sociais nosso belíssimo trabalho! Nós precisamos nos derramar diante do Senhor clamando por vidas e por estas milhares de igrejas e irmãos que não contribuem, e ainda precisam ser despertados! Nosso alvo é ver vidas salvas e transformadas, esta é a nossa motivação!

Que privilégio ser escolhido por Deus para mobilizar!

Compartilhe nas redes sociais:
Por que mobilizar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *